Telefone:  (11)  3884-7100    •    contato@sogesp.com.br
Logo SOGESP

2016 / Tema 01

Depressão puerperal: diagnóstico ( Puerperal depression: diagnosis )

  1. A depressão pós-parto apresenta alta prevalência (10%-15%), com sérias consequências para a mãe e o recém-nascido.
  2. Seu correto diagnóstico ainda é um desafio, visto que muitas vezes a mulher não se sente à vontade para revelar os sintomas depressivos, e o médico não está afeito ao diagnóstico desta doença.
  3. O uso de questionários de rastreamento, dentre eles a escala de Edinburgh (EPDS), é útil, facilitando o diagnóstico e o correto tratamento da depressão pós-parto.
  4. O médico obstetra tem de estar familiarizado com o diagnóstico clínico da depressão pós-parto, podendo utilizar o EPDS ou outro questionário para este fim.