Telefone:  (11)  3884-7100    •    contato@sogesp.com.br
Logo SOGESP

2014 / Tema 14

Avaliação da Reserva Ovariana: Indicações e Conduta ( Evaluation of Ovarian Reserve: Indications and Management )

  1. Os testes de função ovariana mais utilizados na prática clínica e que apresentam melhores evidências são o FSH basal, o AMH circulante e a CFA, embora a maioria dos estudos tenha sido realizada em populações inférteis submeti das à RA.
  2. Não há evidências na literatura que justifiquem a avaliação de reserva ovariana em população com baixo risco de apresentar ROD.
  3. Mulheres com irregularidade menstrual, mais de 37 anos de idade, antecedente de cirurgia ovariana, já submetidas a tratamento gonadotóxico, com história familiar de menopausa precoce ou resposta pobre à estimulação ovariana com gonadotrofinas têm alto risco de apresentar ROD.
  4. A idade, marcador biológico de reserva ovariana, ainda é o melhor preditor isolado de fecundabilidade, ou seja, é o que melhor prediz a chance de gravidez por ciclo menstrual.