Logo SOGESP

ExaMINA: Diabetes gestacional: o que é? Como cuidar?

#ExaMina

06.abr.2020 - Fabiano Serra e Patrícia de Rossi

#ExaMina –Diabetes gestacional: o que é? Como cuidar?

Existem vários tipos de diabetes mellitus (ou simplesmente diabetes), doença que causa aumento dos níveis de glicose (“açúcar”) no sangue. Os mais conhecidos são o diabetes tipo 1 (insulinodependente) e o tipo 2. Além disso, o diabetes também pode surgir na gravidez, quando então é chamado de Diabetes Mellitus Gestacional (DMG).

O DMG acontece quando alguns hormônios produzidos pela placenta interferem na função da insulina, levando à hiperglicemia, ou seja, aumento do nível de glicose no sangue. Essa situação pode ser diagnosticada por exames feitos no pré-natal. Na primeira consulta, a glicemia de jejum já pode identificar quem tem DMG, quando o resultado fica entre 92 e 125 mg/dL. Se o valor for igual ou maior do que 126 mg/dL, o diagnóstico é de diabetes tipo 2.

Nos casos em que a glicemia de jejum for normal (ou seja, até 91 mg/dL), será necessário complementar, entre 24 e 28 semanas de gravidez, a pesquisa de diabetes com a curva glicêmica (também conhecida como teste oral de tolerância à glicose). Esse exame consiste em medir a glicemia em jejum e 1 e 2 horas após tomar 75g de dextrosol, um líquido bem doce. Se alguma dessas três medidas estiver acima do normal significa que a gestante está com diabetes.

 

Como é o tratamento do DMG?

O objetivo do tratamento do DMG é manter os níveis de glicose dentro do normal, o que é feito através de alimentação adequada e atividade física.

A dieta deve ser equilibrada, dando preferência a alimentos integrais e evitando aqueles com carboidratos simples (por exemplo: açúcar, pão/massas não integrais) ou ultraprocessados. As refeições devem ser distribuídas ao longo do dia, com lanches nos intervalos e antes de dormir.

A prática de atividades físicas é importante porque ajuda o corpo a aproveitar melhor a glicose do sangue, favorecendo o controle do diabetes. Os exercícios devem ser realizados, idealmente, por 30 minutos, cinco vezes por semana. Caminhadas e atividades na água (hidroginástica, natação) são ótimas opções.

Para avaliar se o diabetes está controlado, a própria paciente faz medidas dos níveis de glicose no sangue em certos momentos do dia (como jejum e depois das refeições), usando fitas e um aparelho específico (glicosímetro). Os valores devem ser anotados em uma tabela para serem avaliados pelo médico na consulta de pré-natal.

Na maioria dos casos, dieta adequada e exercícios físicos são suficientes para controle da glicemia. Em alguns casos, porém, será necessário usar insulina injetável para complementar o tratamento.

Tomando esses cuidados e controlando o diabetes, o risco de complicações na mãe e no bebê pode  diminuir significativamente. Siga as orientações do seu médico e boa gravidez!

 

Próximos eventos
Local : Online | Youtube e Instagram da SOGESP

Local : Sorocaba Park Hotel By Atlantica Av. Prof. Joaquim Silva, 205 - Alto da Boa Vista, Sorocaba - SP

Local : Auditório UNIMED Lençóis Paulista Rua Manoel Amâncio, 65 • Centro • Lençóis Paulista - SP

Local : Hotel Mercure São José dos Campos - Av. Jorge Zarur, 81 - Torre II - Jardim Apolo São José dos Campos/SP