Logo SOGESP

Programação Científica

A Diretoria Científica da SOGESP está trabalhando incessantemente para trazer os melhores temas e professores para o 27º Congresso SOGESP.

Veja abaixo a Programação Científica preliminar.


Dia 11 de Agosto – Quinta-feira

Cursos Pré-Congresso

CPC 1 - 08:30 - 12:30
DIABETES MELLITUS E GESTAÇÃO: DESAFIOS E RECOMENDAÇÕES BRASILEIRAS

ESTRATÉGIAS DE ORGANIZAÇÃO E HIERARQUIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA À GESTANTE
DIAGNÓSTICO NA GESTAÇÃO E PUERPÉRIO
MONITORIZAÇÃO GLICÊMICA E TRATAMENTO NÃO FARMACOLÓGICO
TRATAMENTO MEDICAMENTOSO
PROPEDÊUTICA MATERNA DO DIABETES MELLITUS NA GRAVIDEZ
AVALIAÇÃO DE REPERCUSSÕES FETAIS
RESOLUÇÃO DAS GESTAÇÕES ASSOCIADAS AO DIABETES MELLITUS
CUIDADO OBSTÉTRICO NO PÓS-PARTO

CPC 2 - 08:30 - 12:30
ANTICONCEPÇÃO NA ATUALIDADE: RECICLAGEM EM DOSE ÚNICA

OTIMIZANDO O ACONSELHAMENTO CONTRACEPTIVO NO CONSULTÓRIO: DICAS PRÁTICAS
COC VERSUS POP: COMO SER DECISIVO NA ESCOLHA CONJUNTA COM A PACIENTE?
OS LARC ESTÃO REALMENTE GANHANDO MAIS ESPAÇO NO BRASIL?
NOVAS EVIDENCIAS SOBRE A SEGURANÇA CARDIOVASCULAR DAS PÍLULAS COM ESTROGÊNIO NATURAL
CONTRACEPÇÃO NO PÓS-PARTO E PÓS-ABORTO
REFLEXOS DA COVID-19 SOBRE A CONTRACEPÇÃO: O QUE DIZER APÓS DOIS ANOS DE PANDEMIA?
MÉTODOS INTRAUTERINOS HORMONAIS E NÃO HORMONAIS: DICAS PRÁTICAS DA ESCOLHA E DO SEGUIMENTO
CONTRACEPÇÃO EM SITUAÇÕES ESPECIAIS: COMO USAR OS CRITÉRIOS DE ELEGIBILIDADE DE FORMA ÁGIL

CPC 3 - 08:30 - 12:30
PRÉ-ECLÂMPSIA – ABORDAGEM ATUAL

NEAR MISS E MORTALIDADE MATERNA NAS SÍNDROMES HIPERTENSIVAS
ESTRATÉGIAS RACIONAIS PARA REDUÇÃO DE DESFECHOS ADVERSOS EM PRÉ-ECLÂMPSIA
CLASSIFICAÇÃO, SUSPEITA CLÍNICA E DIAGNÓSTICO DA PRÉ-ECLÂMPSIA
SEGUIMENTO OBSTÉTRICO PÓS DIAGNÓSTICO DE PRÉ-ECLÂMPSIA
MOMENTO DO PARTO NA PRÉ-ECLÂMPSIA
TRATAMENTO MEDICAMENTOSO DA PRÉ-ECLÂMPSIA
CUIDADOS ESSENCIAIS NO PUERPÉRIO DA PACIENTE COM PRÉ-ECLÂMPSIA
PRÉ-ECLÂMPSIA COMO MARCADOR DE DOENÇAS SUBJACENTES

CPC 4 - 08:30 - 12:30
ATENÇÃO PRIMÁRIA EM GINECOLOGIA

CUIDADOS GINECOLÓGICOS NA POPULAÇÃO LGBTQIA+
ANTICONCEPÇÃO NA PERIMENOPAUSA
TRATAMENTO DOS TRANSTORNOS DO SONO DURANTE O CLIMATÉRIO NA ATENÇÃO BÁSICA
IDENTIFICANDO DAS ALTERAÇÕES DO DESENVOLVIMENTO PUBERAL: QUANDO ENCAMINHAR?
ABORDAGEM PRÁTICA DA MULHER COM INCONTINÊNCIA URINÁRIA NA ATENÇÃO PRIMÁRIA
IDENTIFICAÇÃO DE RISCO PARA CÂNCER DE MAMA NA ATENÇÃO BÁSICA ANTES DOS 40 ANOS: O QUE PODEMOS SOLICITAR E RECOMENDAR?
INFERTILIDADE NA ATENÇÃO BÁSICA: EXAMES A SEREM PEDIDOS E O QUE POSSO TRATAR?
USO DE DIU NA ATENÇÃO BÁSICA: DÚVIDAS MAIS COMUNS

CPC 5 - 08:30 - 12:30
INFECÇÕES TV

SÍFILIS
CMV
HEPATITES B E C
TOXOPLASMOSE
PIELONEFRITE / ITU
INFECÇÃO PUERPERAL
CORIOAMNIONITE
COVID 19

CPC 6 - 08:30 - 12:30
CLIMATÉRIO

AVALIAÇÃO CLÍNICA E COMPLEMENTAR
SÍNDROME GENITOURINÁRIA
TH. ESQUEMAS, VIAS E DOSES
PROGESTAGÊNIOS - SÃO TODOS IGUAIS?
TH. HUMOR E COGNIÇÃO
TH E SÍNDROME METABÓLICA
TH PÓS ENDOMETRIOSE. PODE?
TERAPÊUTICA NÃO HORMONAL NOS SINTOMAS VASOMOTORES

CPC 7 - 08:30 - 12:30
PTGI E INFECÇÕES GENITAIS

REPERCUSSÃO DAS DISBIOSES NAS DOENÇAS DO TGI
DOENÇAS BENIGNAS DO COLO, VAGINA E VULVA: COMO ABORDAR?
LESÕES ULCEROSAS VULVARES: COMO DIAGNOSTICAR E TRATAR?
DESAFIOS NO DIA A DIA DO CONSULTÓRIO: VAGINITE AERÓBICA/INFLAMATÓRIA DESCAMATIVA, VAGINITE ATRÓFICA, VAGINITE EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES.
EXAMES SUBSIDIÁRIOS NO DIAGNÓSTICO DAS INFECÇÕES GENITAIS: COMO E QUANDO SOLICITAR, COMO INTERPRETAR?
CANDIDÍASE E VAGINOSE BACTERIANA RECORRENTES: O QUE HÁ DE NOVO?
DIAGNÓSTICO CITO-COLPOSCÓPICO DAS LESÕES HPV INDUZIDAS
HSIL DE COLO, VAGINA E VULVA: EXCISÃO OU ABLAÇÃO?

CPC 8 - 08:30 - 12:30
MEDICINA FETAL NA PRÁTICA DIÁRIA

DETECÇÃO DE MALFORMAÇÕES ESTRUTURAIS NO 1º TRIMESTRE
RASTREAMENTO DE ANEUPLOIDIAS NO PRIMEIRO TRIMESTRE: QUAL TESTE E QUANDO?
AVALIAÇÃO DO CORAÇÃO FETAL NO 1O TRIMESTRE
PAPEL DO NIPT NO RASTREAMENTO EM GESTAÇÃO ÚNICA E GEMELAR
AVALIAÇÃO ULTRASSONOGRÁFICA DA GESTAÇÃO GEMELAR
PREDIÇÃO E PREVENÇÃO DA PRÉ-ECLÂMPSIA
CARIÓTIPO TRADICIONAL , MICROARRAY E EXOMA FETAL - QUANDO EU PEÇO CADA UM ?
QUANDO INDICAR CIRURGIA FETAL INTRA UTERINA

CPC 9 - 08:30 - 12:30
GINECOLOGIA ENDÓCRINA

TERAPIA ESTROGÊNICA. DIFERENTES EFEITOS NAS DIFERENTES VIAS DE ADMINISTRAÇÃO. CONTRAINDICAÇÕES
PROGESTAGÊNIOS . TIPOS. COMO SELECIONAR?
ABORDAGEM DAS PACIENTES COM SÍNDROME DOS OVÁRIOS POLICÍSTICOS SEM DESEJO DE GRAVIDEZ
TERAPIA ANDROGÊNICA NA MENACME E NO CLIMATÉRIO
BENEFÍCIOS NÃO CONTRACEPTIVOS DOS ANTICONCEPCIONAIS HORMONAIS COMBINADOS
TERAPIA HORMONAL DO SANGRAMENTO UTERINO ANORMAL NÃO ESTRUTURAL
PRESERVAÇÃO DA MASSA ÓSSEA EM MULHERES HIPOESTROGÊNICAS NA MENACME
INDUÇÃO DA OVULAÇÃO EM PACIENTES INFÉRTEIS DE BAIXA COMPLEXIDADE

CPC 10 - 08:30 - 12:30
PREMATURIDADE

AVALIAÇÃO DOS FATORES DE RISCO CLÍNICOS E ULTRASSONOGRÁFICOS PARA PARTO PREMATURO NA CONSULTA DE PRÉ-NATAL
QUANDO UTILIZAR ANTIBIÓTICOS NA PREVENÇÃO DO PARTO PREMATURO.
USO DA PROGESTERONA NA PREVENÇÃO DA PREMATURIDADE
USO DO PESSÁRIO NA PREVENÇÃO DA PREMATURIDADE
USO DA CERCLAGEM NA PREVENÇÃO DA PREMATURIDADE
MENSAGEM PRÁTICA: TOCÓLISE, CORTICOIDE E SULFATO DE MAGNÉSIO
CUIDADOS NO PARTO DO LIMITE DA VIABILIDADE AO PRÉ-TERMO TARDIO
INTERRUPÇÕES ELETIVAS DA GESTAÇÃO NA PREMATURIDADE TARDIA E NO TERMO PRECOCE: RESULTADOS NEONATAIS

CPC 11 - 08:30 - 12:30
FOCO NA ENDOMETRIOSE: DOR PÉLVICA E INFERTILIDADE

PRINCIPAIS CAUSAS DA DOR PÉLVICA CRÔNICA
COMO E ATÉ QUANDO TRATAR A PACIENTE COM DOR PÉLVICA?
DOR MIOFASCIAL
ADENOMIOSE: IMPACTO EM PACIENTES COM DOR PÉLVICA
IMPACTO DA ENDOMETRIOSE NA RESERVA OVARIANA
INDICAÇÃO DE TRATAMENTO DE BAIXA COMPLEXIDADE EM PACIENTES INFÉRTEIS COM ENDOMETRIOSE
CIRURGIA OU FIV?
PRESERVAÇÃO DA FERTILIDADE

CPC 12 - 08:30 - 12:30
DESAFIOS NA ASSISTÊNCIA PRÉ-NATAL E PARTO EM SITUAÇÕES ATUAIS

NA ADOLESCENTE
NO HOMEM TRANS
NA ATLETA DE ALTA PERFORMANCE
APÓS CIRURGIA BARIÁTRICA
NA SÍNDROME GRIPAL
NOS DISTÚRBIOS DA SAÚDE MENTAL
NA DEPENDENTE QUÍMICA
NA OBESIDADE

Atividades Patrocinadas
Luch Meeting - 13h00 às 14h30

Debates Informais

DBI 1 - 14:50 - 15:40
RASTREAMENTO DO RISCO DE PREMATURIDADE

DBI 2 - 14:50 - 15:40
BEXIGA HIPERATIVA: TIRE TODAS AS SUAS DÚVIDAS!

DBI 3 - 14:50 - 15:40
COMO OFERECER O RATREAMENTO DE 1O TRIMESTRE NA GESTAÇÃO

DBI 4 - 14:50 - 15:40
NEOPLASIA INTRAEPITELIAL CERVICAL: PREVENÇÃO, RASTREIO E TRATAMENTO

DBI 5 - 14:50 - 15:40
AVALIAÇÃO DA VIGILÂNCIA FETAL INTRAPARTO

DBI 6 - 14:50 - 15:40
TERAPÊUTICA HORMONAL E CÂNCER

DBI 7 - 14:50 - 15:40
CUIDADO À SAÚDE SEXUAL: O QUE O GINECOLOGISTA PRECISA SABER

DBI 8 - 14:50 - 15:40
ANTIBIÓTICO TERAPIA E MOMENTO DO PARTO NA ROTURA PREMATURA DE MEMBRANAS PRÉ-TERMO

DBI 9 - 14:50 - 15:40
AMENORREIA

DBI 10 - 14:50 - 15:40
POR QUE O GO TEM DIFICULDADE EM OUVIR E FALAR SOBRE NEAR MISS E MORTE MATERNA? (DO SUS AO CONSULTÓRIO PRIVADO)

DBI 11 - 14:50 - 15:40
CUIDADO INTERPROFISSIONAL AO PARTO

DBI 12 - 14:50 - 15:40
HISTEROSCOPIA CIRÚRGICA

Top Temas

TT 1 - 16:10 - 17:40
PREDIÇÃO E PREVENÇÃO DA PREMATURIDADE

EPIDEMIOLOGIA E FATORES DE RISCO
RASTREAMENTO ULTRASSONOGRÁFICO DO COMPRIMENTO CERVICAL
TRATAMENTO MECÂNICO - CERCLAGEM E PESSÁRIO
TRATAMENTO BIOQUÍMICO - PROGESTERONA
ANTIBIOTICOTERAPIA - INFECÇÕES, MICROBIOMA, SLUDGE

TT 2 - 16:10 - 17:40
COMO TRATAR A INCONTINÊNCIA URINÁRIA DE ESFORÇO EM SITUAÇÕES ESPECIAIS

NO CICLO GRAVÍDICO-PUERPERAL
NA MULHER QUE PRATICA ATIVIDADE FÍSICA
EM ASSOCIAÇÃO COM BEXIGA HIPERATIVA
NA RECIDIVA PÓS-OPERATÓRIA
NA MULHER OBESA

TT 3 - 16:10 - 17:40
USO ATUAL DA ULTRASSONOGRAFIA NA PRÁTICA OBSTÉTRICA

NA GESTAÇÃO DE BAIXO RISCO
NOS DESVIOS DO CRESCIMENTO FETAL
NA PREDIÇÃO DAS GRANDES SÍNDROMES OBSTÉTRICAS
NO RASTREIO DAS ANEUPLOIDIAS FETAIS
NA SALA DE PARTO

TT 4 - 16:10 - 17:40
DÚVIDAS EM DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO DAS DOENÇAS DO COLO UTERINO

ATUALIDADES NO RASTREIO DO CÂNCER DO COLO ÚTERO: CITOLOGIA VERSUS TESTE DNA HPV
MELHOR CONDUTA EM CITOLOGIA LSIL, ASCUS, ASC-H E HSIL
CARCINOGÊNESE DO COLO UTERINO E INFECÇÕES GENITAIS: EXISTE ASSOCIAÇÃO?
TRATAMENTO ATUAL DA NEOPLASIA INTRAEPITELIAL CERVICAL
VACINAS CONTRA O HPV: USO EM MULHERES TRATADAS POR LESÕES HPV INDUZIDAS

TT 5 - 16:10 - 17:40
QUALIDADE DO CUIDADO NO PERÍODO PÓS-PARTO

CONTRACEPÇÃO PÓS-PARTO
AVALIAÇÃO DO RISCO CARDIOVASCULAR
AVALIAÇÃO DO RISCO METABÓLICO
CUIDADOS COM A SAÚDE MENTAL
FISIOTERAPIA NAS LESÕES PERINEAIS

TT 6 - 16:10 - 17:40
ATUALIZAÇÕES E CONTROVÉRSIAS EM TERAPÊUTICA HORMONAL

BIOIDÊNTICOS
TERAPÊUTICA ANDROGÊNICA
IMPLANTES. QUAIS AS EVIDÊNCIAS?
PODE SER INDICADA PARA PREVENÇÃO PRIMÁRIA DAS DCV?
CEFALÉIAS

TT 7 - 16:10 - 17:40
CUIDADO À SAÚDE SEXUAL DA MULHER: PRÁTICAS DE CONSULTÓRIO

AVALIAÇÃO DA SAÚDE SEXUAL NO CONSULTÓRIO GINECOLÓGICO
TRATAMENTO DO DSH NA FASE REPRODUTIVA E NO CLIMATÉRIO
MANEJO DA ANORGASMIA: ASPECTOS PRÁTICOS PARA O CONSULTÓRIO
A VIDA SEXUAL DE PESSOAS COM LESÃO MEDULAR
USO DE TESTOSTERONA: QUANDO, COMO, POR QUANTO TEMPO

TT 8 - 16:10 - 17:40
ASSISTÊNCIA INTEGRAL NA GESTAÇÃO GEMELAR

ROTINA ULTRASSONOGRÁFICA NA GESTAÇÃO GEMELAR
ASPECTOS ESPECÍFICOS DO SEGUIMENTO PRÉ-NATAL
RESTRIÇÃO SELETIVA: COMO CONDUZIR?
TAPS E TRANSFUSÃO FETO-FETAL
O MELHOR MOMENTO DO PARTO

TT 9 - 16:10 - 17:40
SÍNDROME DOS OVÁRIOS POLÍCISTICOS: COMO CONDUZIR?

ESTILO DE VIDA
ANOVULAÇÃO CRÔNICA E HIRSTUSMO
INFERTILIDADE
RESISTÊNCIA INSULÍNICA
OBESIDADE

TT 10 - 16:10 - 17:40
SÍNDROME HELLP - ATUALIZAÇÃO

IMPORTÂNCIA E INCIDÊNCIA
ASPECTOS IMPORTANTES DA FISIOPATOLOGIA
USO DE CORTICÓIDES
CONDUTA OBSTÉTRICA
CUIDADOS NO PÓS-PARTO

TT 11 - 16:10 - 17:40
TROMBOFILIA E TROMBOPROFILAXIA

O QUE É TROMBOFILIA, O QUE E QUANDO INVESTIGAR
NOVAS TROMBOFLIAS - HÁ LUGAR PARA ELAS
QUANDO INDICAR ANTICOAGULAÇÃO E DOSES
ANTICOAGULANTES NO CICLO GRAVIDICO PUERPERAL
TROMBOPROFILAXIA ALÉM DO MANEJO DAS TROMBOFILIAS

TT 12 - 16:10 - 17:40
MIOMA UTERINO

TRATAMENTO CLINICO: QUANDO E COMO?
MIOMECTOMIA: ESCOLHA E LIMITES DAS VIAS
RETIRADA DA PEÇA CIRÚRGICA
EMBOLIZAÇÃO E OUTRAS TÉCNICAS MICRO INVASIVAS
ESCOLHA DA VIA DE HISTERECTOMIA

Curso Prático de Obstetrícia

CPO 1 - 09:00 - 13:00
CURSO PRÁTICO DE OBSTETRÍCIA - MANHÃ

HEMORRAGIA PUERPERAL
DISTOCIA DE OMBRO
AMIU
DIU PÓS PARTO
VÁCUO-EXTRATOR E FORCEPS

CPO 2 - 14:30 - 18:30
CURSO PRÁTICO DE OBSTETRÍCIA - TARDE

HEMORRAGIA PUERPERAL
DISTOCIA DE OMBRO
AMIU
DIU PÓS PARTO
VÁCUO-EXTRATOR E FORCEPS

Abertura Oficial - 17:50 -19:30


12 DE AGOSTO DE 2022 – Sexta - Feira

Top Temas

TT 13 - 08:00 - 09:30
PARTO E PUERPÉRIO EM DIABETES MELLITUS

CORTICOINDUÇÃO DE MATURAÇÃO PULMONAR: INDICAÇÕES E CUIDADOS
RESOLUÇÃO DA GESTAÇÃO: INDICAÇÕES, MOMENTO E VIA DE PARTO
CONTROLE GLICÊMICO NO PARTO E PUERPÉRIO IMEDIATO
AMAMENTAÇÃO E CONTRACEPÇÃO: CUIDADOS INDIVIDUALIZADOS
ALTA HOSPITALAR RESPONSÁVEL: ORIENTAÇÕES ESPECÍFICAS

TT 14 - 08:00 - 09:30
PRESERVAÇÃO DA FUNÇÃO OVARIANA E FERTILIDADE EM CÂNCER GINECOLÓGICO

AVALIAÇÃO DA FERTILIDADE PRÉ-TRATAMENTO
GENÉTICA NA PRESERVAÇÃO DA FERTILIDADE
NO CÂNCER DO COLO DO ÚTERO
NO CÂNCER DO ENDOMÉTRIO
NO CÂNCER DE OVÁRIO

TT 15 - 08:00 - 09:30
COMO EVITAR CATÁSTROFES HEMORRÁGICAS EM OBSTETRÍCIA

VASA PRÉVIA: DIAGNÓSTICO OPORTUNO E PLANEJAMENTO DO PARTO
PLACENTA PRÉVIA, DIAGNÓSTICO E SEGUIMENTO
PLANEJAMENTO DO PARTO NO ACRETISMO PLACENTÁRIO
DESCOLAMENTO PREMATURO DE PLACENTA COM FETO MORTO: COMO CONDUZIR?
HEMORRAGIA PÓS PARTO PRECOCE: PROTOCOLO DE ATENDIMENTO

TT 16 - 08:00 - 09:30
TRATAMENTO MINIMAMENTE INVASIVO DO CÂNCER DE MAMA: REALIDADE ATUAL E PERSPECTIVAS

A CIRURGIA CONSERVADORA DA MAMA ASSOCIADA À RADIOTERAPIA É MELHOR DO QUE A MASTECTOMIA NO CÂNCER DE MAMA INICIAL?
LINFONODO SENTINELA COM COMPROMETIMENTO AXILAR MÍNIMO: É NECESSÁRIA A LINFONODECTOMIA AXILAR?
DE-ESCALONAMENTO DA AXILA APÓS A TERAPIA NEOADJUVANTE: A RESSECÇÃO DO LINFONODO SENTINELA É SEGURA?
RESPOSTA CLÍNICA COMPLETA APÓS O TRATAMENTO NEOADJUVANTE: É POSSÍVEL EVITAR A CIRURGIA?
PERSPECTIVAS NO TRATAMENTO LOCAL: CRIOABLAÇÃO

TT 17 - 08:00 - 09:30
TERAPÊUTICA FETAL: PRINCIPAIS PROCEDIMENTOS NA ATUALIDADE

TRANSFUSÃO INTRAVASCULAR NA ALOIMUNIZAÇÃO
LASER NA SÍNDROME DE TRANSFUSÃO FETO-FETAL
BALÃO INTRATRAQUEAL NA HÉRNIA DIAFRAGMÁTICA CONGÊNITA: QUANDO INDICAR?
CORREÇÃO DE MIELOMENINGOCELE INTRA-UTERINA
CISTOSCOPIA FETAL NA CORREÇÃO DE OBSTRUÇÃO URINÁRIA BAIXA

TT 18 - 08:00 - 09:30
ATUALIZAÇÃO EM ANTICONCEPÇÃO

USO DE NOVOS ESTROGÊNIOS
PROGESTAGÊNIOS ISOLADOS:NOVO REGIME
DIU HORMONAL EM MENORES DOSES
NOVOS ANÉIS VAGINAIS
SALPINGECTOMIA COMO MÉTODO DEFINITIVO

Debate Informal

DBI 19 - 08:00 - 08:50
ABORDAGEM DO CASAL INFÉRTIL NO CONSULTÓRIO GINECOLÓGICO

Recomendações SOGESP

RS 1 - 09:00 - 09:40
SANGRAMENTO UTERINO ANORMAL. DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO

Top Temas

TT 19 - 08:00 - 09:30
COMO CONDUZIR SÍNDROME DOS OVÁRIOS POLICÍSTICOS NA ADOLESCÊNCIA

DIAGNÓSTICO E SOP NA ADOLESCÊNCIA
COMO TRATAR O HIPERANDROGENISMO?
COMO FAZER ANTICONCEPÇÃO NA ADOLESCENTE COM SOP?
EXISTE SÍNDROME METABÓLICA NA ADOLESCENTE COM SOP? QUAL A MELHOR ABORDAGEM?
COMO ORIENTAR MODIFICAÇÕES DE ESTILO DE VIDA NA ADOLESCENTE COM SOP?

TT 20 - 08:00 - 09:30
PRÉ-ECLÂMPSIA: ASPECTOS CLÍNICOS

PREDIÇÃO E PREVENÇÃO
PREVENÇÃO DAS COMPLICAÇÕES
CONDUTA CLÍNICA
CONDUTA OBSTÉTRICA
CONDUÇÃO DO PUERPÉRIO IMEDIATO

TT 21 - 08:00 - 09:30
MEDIDAS PARA PROFILAXIA DA TRANSMISSÃO VERTICAL COM BASE EM EVIDÊNCIAS

HEPATITE B E C
HERPES GENITAL
HIV
TOXOPLASMOSE
SÍFILIS

TT 22 - 08:00 - 09:30
DOR PÉLVICA CRÔNICA NA ATENÇÃO PRIMÁRIA: COMO INVESTIGAR E CONDUZIR?

DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL DAS CAUSAS MAIS COMUNS DE DOR PÉLVICA
DISMENORREIA PRIMÁRIA: TRATAMENTO NA ATENÇÃO PRIMÁRIA
DISMENORREIAS SECUNDÁRIAS: TRATAMENTO NA ATENÇÃO PRIMÁRIA
COMO DIAGNOSTICAR A CONDUZIR A DOR DE ORIGEM NEUROPÁTICA
COMO IDENTIFICAR CASOS COMPLEXOS E QUANDO ENCAMINHAR?

TT 23 - 08:00 - 09:30
CUIDADO MATERNO E NEONATAL SEGURO DURANTE O PARTO

A APLICAÇÃO DO TERMÔMETRO DE SEGURANÇA DE MATERNIDADES (MATERNITY SAFETY THERMOMETER)
A APLICAÇÃO DA ESCALA DE MEOWS EM SALA DE PARTO
VIGILÂNCIA DO BEM ESTAR FETAL INTRAPARTO
ATENÇÃO DURANTE TERCEIRO E QUARTO PERÍODOS
ALTA RESPONSÁVEL

Debate Informal

DBI 13 - 09:30 - 10:20
HIPERGLICEMIA NA GESTAÇÃO: ABORDAGEM PRÁTICA

DBI 14 - 09:30 - 10:20
CÂNCER DO COLO DO ÚTERO

DBI 15 - 09:30 - 10:20
MANEJO DA TEV NA GESTAÇÃO

DBI 16 - 09:30 - 10:20
IMAGINOLOGIA MAMÁRIA PARA O GINECOLOGISTA

DBI 17 - 09:30 - 10:20
USO DA ULTRASSONOGRAFIA ANTES DA INDUÇÃO DO TRABALHO DE PARTO

DBI 18 - 09:30 - 10:20
ESTROGÊNIOS NA ANTICONCEPÇÃO: TIPOS, MOMENTO E ESCOLHA

Recomendações SOGESP

RS 2 - 09:40 - 10:20
AVALIAÇÃO DA RESERVA OVARIANA: INDICAÇÕES E CONDUTA

Debate Informal

DBI 20 - 09:30 - 10:20
ANTICONCEPÇÃO NA ADOLESCÊNCIA

DBI 21 - 09:30 - 10:20
DIAGNÓSTICO DA PRE-ECLAMPSIA: ONDE ESTAMOS?

DBI 22 - 09:30 - 10:20
VACINAS EM GESTANTES

DBI 23 - 09:30 - 10:20
COMO CONDUZIR A PACIENTE COM DOR PÉLVICA CRÔNICA

DBI 24 - 09:30 - 10:20
DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL DOS SANGRAMENTOS DE CAUSA OBSTÉTRICA NA SEGUNDA METADE DA GRAVIDEZ

Atividades Patrocinadas

Simpósios Patrocinados - 11h00 às 12h30

FO 2 - 11:00 - 12:30
FÓRUM DOS REPRESENTANTES CREDENCIADOS

Lunch Meeting – 13h00 às 14h30

Top Temas

TT 24 - 15:00 - 16:30
DIAGNÓSTICO, TRATAMENTO E CUIDADOS OBSTÉTRICOS NO DIABETES MELLITUS: RECOMENDAÇÕES NACIONAIS

DIAGNÓSTICO
TRATAMENTO NÃO FARMACOLÓGICO
TRATAMENTO FARMACOLÓGICO
PROPEDÊUTICA MATERNA E FETAL
MOMENTO DO PARTO E CUIDADOS NO PUERPÉRIO

Melhores Trabalhos Científicos de Ginecologia

MTCG 1 - 15:00 - 16:30
APRESENTAÇÃO DOS MELHORES TRABALHOS CIENTÍFICOS DE GINECOLOGIA

Top Temas

TT 25 - 15:00 - 16:30
MORTE MATERNA E NEAR MISS - ALÉM DO COVID

HEMORRAGIA
HIPERTENSÃO
INFECÇÃO
TROMBOSE E DOENÇAS CARDÍACAS
VIOLÊNCIA DOMÉSTICA E TRAUMA

Melhores Trabalhos Científicos de Obstetrícia

MTCO 1 - 15:00 - 16:30
APRESENTAÇÃO DOS MELHORES TRABALHOS CIENTÍFICOS DE OBSTETRÍCIA

Top Temas

TT 26 - 15:00 - 16:30
CONHECIMENTOS BÁSICOS PARA O GINECOLOGISTA RELACIONADOS COM O RASTREAMENTO E DOENÇAS DA MAMA

QUAL EXAME DE IMAGEM SOLICITAR? RASTREAMENTO DE BAIXO E ALTO RISCO, TUMOR E FLUXO PAPILAR
QUANDO, COMO E, QUAL TIPO DE BIÓPSIA SOLICITAR?
COMO DEVE SER O TRATAMENTO ATUAL DE MASTALGIA, FIBROADENOMA E FLUXO?
TRATAMENTO DOS DIFERENTES TIPOS DE MASTITES
GINECOLOGISTA FEZ O DIAGNÓSTICO DE CÂNCER. COMO DAR A NOTÍCIA E PANORAMA DO TRATAMENTO ATUAL?

TT 27 - 15:00 - 16:30
ANTICONCEPÇÃO HORMONAL E LARCS: DÚVIDAS NO CONSULTÓRIO

EXISTE ALGUM ESTROGÊNIO MELHOR NA ANTICONCEPÇÃO HORMONAL?
REGIME DE USO: COMBINADO TRADICIONAL OU ESTENDIDO CONTÍNUO?
HÁ EVIDÊNCIAS DE GANHO DE PÊSO NA ANTICONCEPÇÃO HORMONAL?
IMPLANTES: INDICAÇÃO E SEGUIMENTO
HÁ INDICAÇÃO DE USO DE ANESTESIA NA INSERÇÃO DE DIU?

Recomendações Sogesp

RS 3 - 15:00 - 15:40
RCIU

RS 4 - 15:50 - 16:30
PREDIÇÃO DE PARTO PRÉ-TERMO

Sessão Interativa

SI 1 - 15:00 - 16:30
MANEJO DAS QUEIXAS SEXUAIS FEMININAS: DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO

Top Temas

TT 28 - 15:00 - 16:30
RASTREAMENTO DE 1º TRIMESTRE NA PRÁTICA CLÍNICA

A IMPORTÂNCIA DA TRANSLUCÊNCIA NUCAL NO CONTEXTO ATUAL
O QUE O EXAME BIOQUÍMICO DE 1O TRIMESTRE ACRESCENTA AO PRÉ-NATAL
RASTREAMENTO DA PRÉ-ECLÂMPSIA NO 1O TRIMESTRE
DNA LIVRE FETAL NO SANGUE MATERNO
QUANDO E COMO INDICAR O DIAGNÓSTICO GENÉTICO INVASIVO

TT 29 - 15:00 - 16:30
ALEITAMENTO MATERNO EM SITUAÇÕES ESPECIAIS

PÓS-MAMOPLASTIA
MASTITE E ABCESSO MAMÁRIO: COMO DIAGNOSTICAR E TRATAR
COMORBIDADES MATERNAS QUE INTERFEREM NO ALEITAMENTO
PÓS-BARIÁTRICA
CONTRAINDICAÇÃO POR USO DE FÁRMACOS

TT 30 - 15:00 - 16:30
HÁ NECESSIDADE DE RASTREAR E TRATAR AS INFECÇÕES GENITAIS?

VAGINOSE BACTERIANA
TRICOMONÍASE
MICOPLASMA E UREAPLASMA
CLAMÍDIA E GONORREIA
SÍFILIS

Fórum de Valorização Profissional

FO 1 - 15:00 - 16:30
FÓRUM DE VALORIZAÇÃO 01 - ATENDIMENTO AOS PACIENTES LGBTQIA+

DEFINIÇÃO DAS TERMINOLOGIAS E CLASSIFICAÇÃO CLÍNICA DAS PACIENTES
REDESIGNAÇÃO SEXUAL - COMO ATENDER- COMPETÊNCIAS E LIMITES
CUIDADOS ÉTICOS E JURÍDICOS NO ATENDIMENTO

Top Temas

TT 31 - 17:00 - 18:30
URGÊNCIAS HIPERTENSIVAS

CRISE HIPERTENSIVA
ECLAMPSIA
SÍNDROME HELLP
EDEMA PULMONAR
LESÃO RENAL AGUDA

TT 32 - 17:00 - 18:30
DESAFIOS PARA O GO NA CONDUÇÃO DA SAÚDE SEXUAL NA ERA HIGH TECH

VIVENCIAS SEXUAIS CONTEMPORÂNEAS: SEXTING, CYBERSEX E ETC.
DESAFIOS PARA O PRAZER SEXUAL: HIGH TECH VS. HIGH TOUCH
ESTÉTICA GENITAL NA PERSPECTIVA DO PRAZER SEXUAL: PROCEDIMENTOS ÚTEIS E POTENCIALMENTE DANOSOS
CIRURGIA ESTÉTICA VULVAR: LIPOFILLING E ÁCIDO HIALURÔNICO
LASER VS. ESTROGÊNIO NA DOR VULVOVAGINAL: EVIDENCIAS SOBRE EFICÁCIA E CUSTO BENEFÍCIO

TT 33 - 17:00 - 18:30
O IMPACTO DA COVID-19 NA SAÚDE MATERNA

OBSERVATÓRIO
DIFERENÇAS NA ABORDAGEM DE GESTANTES EM UTI
INDICAÇÃO E MOMENTO DA RESOLUÇÃO DA GESTAÇÃO NAS PACIENTES COM COVID
ÓBITO POR COVID E COM COVID - ASPECTOS ÉTICOS E LEGAIS DA DECLARAÇÃO DE ÓBITO
IMPACTO DA VACINAÇÃO

TT 34 - 17:00 - 18:30
O QUE HÁ DE NOVO NO ATENDIMENTO DAS ADOLESCENTES NO CONSULTÓRIO

COMO CODUZIR A AMENORREIA HIPOGONÁDICA
DIAGNÓSTICO E CONDUTA NAS MAL FORMAÇÕES MULLERIANAS
DIAGNÓSTICO DA PUBERDADE PRECOCE
ABORDAGEM DO SANGRAMENTO UTERINO ANORMAL
PARTICULARIDADES DO ATENDIMENTO À MENOR DE 14 ANOS

TT 35 - 17:00 - 18:30
ANTICONCEPÇÃO COM PROGESTAGÊNIOS : TIPOS, INDICAÇÕES, MOMENTO E SEGUIMENTO

TIPOS DE PROGESTAGÊNIOS USADOS NA ANTICONCEPÇÃO
QUAIS AS INDICAÇÕES DO USO DE PROGESTAGÊNIO ISOLADO?
COMO REALIZAR O SEGMENTO DO USO DE PROGESTAGÊNIOS?
HÁ DIFERENÇAS ENTRE OS DISPOSITIVOS INTRAUTERINOS DE PROGESTAGÊNIOS?
COMO ORIENTAR NOS CASOS DE SANGRAMENTO DESFAVORÁVEL?

Recomendações Sogesp

RS 5 - 17:00 - 17:40
DERMATITES DE CONTATO IRRITATIVA E ALÉRGICA DA VULVA

RS 6 - 17:50 - 18:30
CÂNCER DE MAMA: IDENTIFICAÇÃO DOS GRUPOS DE ALTO RISCO, CLASSIFICAÇÃO E QUANTIFICAÇÃO DO RISCO E EFICÁCIA DAS INTERVENÇÕES

Sessão Interativa

SI 2 - 17:00 - 18:30
RESTRIÇÃO DE CRESCIMENTO FETAL

Top Temas

TT 36 - 17:00 - 18:30
AMPLIANDO A ABORDAGEM NA ASSISTÊNCIA PRÉ-NATAL

AVALIAÇÃO PRÉ CONCEPCIONAL
TELECONSULTA E TELEORIENTACÃO
PRÉ-NATAL COLETIVO
GRUPOS DE GESTANTES
PLANO DE PARTO

FO 3 - 17:00 - 18:30
FÓRUM DOS RESIDENTES

APRESENTAÇÃO DO FÓRUM
RESULTADOS DA PESQUISA: A INTERFERÊNCIA DA PANDEMIA DO CORONAVÍRUS NA RESIDÊNCIA DE GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA NO ESTADO DE SP
IMPORTÂNCIA DA RESIDÊNCIA PARA FORMAÇÃO PROFISSIONAL E SUA REGULAMENTAÇÃO

Top Temas

TT 37 - 17:00 - 18:30
INFECÇÃO URINÁRIA NO DIA A DIA

COMO DIFERENCIAR INFECÇÃO URINÁRIA COMPLICADA DE NÃO COMPLICADA? O QUE MUDA NO TRATAMENTO?
INFECÇÃO URINÁRIA NÃO COMPLICADA: COMO CONDUZIR?
QUAIS EXAMES SÃO NECESSÁRIOS PARA CONDUZIR A INFECÇÃO URINÁRIA AGUDA E A RECORRENTE?
INFECÇÃO URINÁRIA RECORRENTE: PROFILAXIA COM ANTIBIÓTICOS E IMUNOMODULADORES
INFECÇÃO URINÁRIA RECORRENTE: OUTRAS OPÇÕES DE PROFILAXIA

FO 4 - 17:00 - 18:30
FÓRUM DE VALORIZAÇÃO 02 - INADEQUAÇÃO DO ATENDIMENTO À GESTANTE EM MATERNIDADE

EVENTOS PASSÍVEIS DE CONFLITOS NA OBSTETRÍCIA
ASPECTOS JURÍDICOS DA ASSISTÊNCIA AO PARTO E LIMITES ÉTICOS

Curso Prático de Ginecologia

CPG 3 - 08:30 - 12:30
CURSO PRÁTICO DE GINECOLOGIA - MANHÃ

LASER EM PATOLOGIA NO TRATO GENITAL INFERIOR
ASPECTOS PRÁTICOS DA ROTURA PERINEAL
INTRODUÇÃO À LAPAROSCOPIA
RADIOFREQUÊNCIA EM PATOLOGIA DO TRATO GENITAL INFERIOR

CPG 2 - 14:30 - 18:30
CURSO PRÁTICO DE GINECOLOGIA - TARDE

LASER EM PATOLOGIA NO TRATO GENITAL INFERIOR
ASPECTOS PRÁTICOS DA ROTURA PERINEAL
INTRODUÇÃO À LAPAROSCOPIA
RADIOFREQUÊNCIA EM PATOLOGIA DO TRATO GENITAL INFERIOR


13 DE AGOSTO DE 2022 - Sábado

Top Temas

TT 38 - 08:00 - 09:30
ABORTO DE REPETIÇÃO

O QUE É E QUANDO INVESTIGAR
O QUE INVESTIGAR
SAF E OUTRAS CAUSAS IMUNOLÓGICAS
ERROS COMUNS NA ABORDAGEM DO ABORTAMENTO DE REPETIÇÃO
CONDUTA EXPECTANTE X CONDUTA ATIVA

TT 39 - 08:00 - 09:30
"HOT TOPICS" REPRODUÇÃO ASSISTIDA

TROMBOFILIAS: TEM ESPAÇO NA AVALIAÇÃO INICIAL DA INFERTILIDADE FEMININA?
AVANÇOS NAS TÉCNICAS LABORATORIAIS EM REPRODUÇÃO ASSISTIDA
ESTÍMULO DA OVULAÇÃO NO CONSULTÓRIO (CC, LETROZOL, GONADOTROFINAS)
OVODOAÇÃO: SOLUÇÃO PARA GRAVIDEZ TARDIA
INDICAÇÕES CIRÚRGICAS NA INFERTILIDADE FEMININA

TT 40 - 08:00 - 09:30
ATUALIZAÇÃO EM PREPARO DE COLO E INDUÇÃO DE PARTO

PREPARO DE COLO: POR QUÊ? COMO?
PREPARO DE COLO E INDUÇÃO NA ROTURA PREMATURA DE MEMBRANAS
PREPARO DE COLO E INDUÇÃO EM CESÁREAS ANTERIORES
MÉTODOS COMBINADOS DE INDUÇÃO: POTENCIALIZANDO EFEITOS
DECISÕES COMPARTILHADAS E SUAS IMPLICAÇÕES LEGAIS

TT 41 - 08:00 - 09:30
CÂNCER GINECOLÓGICO I

CONDUTA NAS HIPERPLASIAS ENDOMETRIAIS
DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL DE MASSAS ANEXIAIS
COMO OTIMIZAR O DIAGNÓSTICO PRECOCE DE CÂNCER DE ENDOMÉTRIO NO SUS
CONIZAÇÃO. QUAL O PAPEL NO TRATAMENTO DO CARCINOMA INVASIVO DO COLO DO ÚTERO?
CÂNCER DE OVÁRIO. COMO IDENTIFICAR A PACIENTE DE RISCO

TT 42 - 08:00 - 09:30
VITALIDADE ATUAL

HÁ NOVIDADES NA CARDIOTOCOGRAFIA ANTEPARTO?
COMO USAR O ÍNDICE DE RESERVA FETAL
DIFERENÇAS ENTRE RELAÇÃO CEREBROPLACENTÁRIA X CENTRALIZAÇÃO FETAL
IMPORTÂNCIA DA AVALIAÇÃO DO VOLUME DE LÍQUIDO AMNIÓTICO
DOPPLER DE ARTÉRIA UMBILICAL. USO UNIVERSAL?

TT 43 - 08:00 - 09:30
TRATAMENTO DA OSTEOPOROSE PÓS-MENOPAUSA

CÁLCIO E VITAMINA D: QUANDO INDICAR E RISCOS
TH E PREVENÇÃO DE FRATURAS
BIFOSFONATO: QUANDO INDICAR E COMO ACOMPANHAR
SERMS E DENOSUMABE
VITAMINA K E MAGNÉSIO-HÁ EVIDENCIAS PARA SUPLEMENTAÇÃO?

Recomendações Sogesp

RS 7 - 08:00 - 08:40
ATUALIZAÇÃO EM PRÉ-ECLÂMPSIA

RS 8 - 08:50 - 09:30
DOENÇA TROFOBLÁSTICA GESTACIONAL

Fórum das Ligas Acadêmicas

FO 5 - 08:00 - 09:30
08:00 - 09:30 FÓRUM DAS LIGAS ACADÊMICAS
08:00 - 08:30 RESIDÊNCIA MÉDICA EM GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA: COMO ESTAMOS?
08:00 - 08:30 MISSÃO CUMPRIDA : DO R1 AO R4
08:00 - 08:30 DISCUSSÃO

Top Temas

TT 44 - 08:00 - 09:30
TENSÃO PRÉ-MENSTRUAL E DISMENORRÉIA

CRITÉRIOS PARA DIAGNÓSTICO DA SÍNDROME PRÉ-MENSTRUAL E SÍNDROME DISFÓRICA
VITAMINAS E FITOTERÁPICOS: HÁ EVIDENCIAS PARA O USO NA TPM?
ANTIDEPRESSIVOS NA TPM: QUANDO INDICAR E QUE ESQUEMA PRESCREVER?
DISMENORRÉIA: QUANDO INVESTIGAR E COMO TRATAR
TRATAMENTO HORMONAL: QUAL A MELHOR ESCOLHA E ESQUEMAS?

TT 45 - 08:00 - 09:30
ALEITAMENTO: ASSISTÊNCIA ADEQUADA

ORIENTAÇÕES NO PRÉ NATAL
LESÕES MAMILARES: COMO EVITAR E TRATAR
DIFICULDADES PÓS MAMOPLASTIA
SEXUALIDADE DURANTE A AMAMENTAÇÃO
MASTITE E ABCESSO MAMÁRIO

TT 46 - 08:00 - 09:30
ENDOMETRIOSE: ASPECTOS PRÁTICOS

COMO FAZER O DIAGNÓSTICO
CONDUTA NA PACIENTE COM DOR PÉLVICA
CONDUTA NA PACIENTE COM INFERTILIDADE
COMO ABORDAR O ENDOMETRIOMA OVARIANO
PREVENÇÃO DA RECIDIVA

TT 47 - 08:00 - 09:30
PRÉ-NATAL: ASSISTÊNCIA ATUAL

ORIENTAÇÕES NA 1ª CONSULTA
ORIENTAÇÕES PARA EVITAR TRAUMAS MÚSCULO ESQUELÉTICOS
MEDIDAS ANTROPOSÓFICAS NO PRÉ-NATAL
EXERCÍCIOS NA GESTAÇÃO
VIAGENS NA GESTAÇÃO

TT 48 - 10:00 - 11:30
ENDOCRINOPATIAS: DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO NA GESTAÇÃO

OBESIDADE
DISLIPIDEMIA
HIPERPROLACTINEMIA
HIPOTIREOIDISMO
HIPERTIREOIDISMO

TT 49 - 10:00 - 11:30
PRESERVAÇÃO SOCIAL E ONCOLÓGICA DA FERTILIDADE FEMININA

AVALIAÇÃO CRÍTICA DA PRESERVAÇÃO SOCIAL DA FERTILIDADE
GESTAÇÃO PÓS TRATAMENTO DO CÂNCER DE MAMA
PRESERVAÇÃO ONCOLÓGICA DA FERTILIDADE NO CÂNCER DE MAMA
PRESERVAÇÃO ONCOLÓGICA DA FERTILIDADE NA LEUCEMIA/LINFOMAS
PRESERVAÇÃO DA FERTILIDADE FEMININA PRÉVIA A CIRURGIA GINECOLÓGICA BENIGNA

TT 50 - 10:00 - 11:30
RASTREAMENTO E MANEJO DAS INFECÇÕES NA GESTANTE

COVID-19
INFECÇÃO DO TRATO URINÁRIO
DENGUE
ESTREPTOCOCO GRUPO B
SÍFILIS

TT 51 - 10:00 - 11:30
CÂNCER GINECOLÓGICO II

TUMORES NÃO EPITELIAIS DE OVÁRIO
PAPEL DOS EXAMES MOLECULARES EM CÂNCER DO ENDOMÉTRIO
TERAPIA HORMONAL EM CÂNCER GINECOLÓGICO
ENDOMETRIOSE E CÂNCER DE OVÁRIO
AÇÕES BRASILEIRAS PARA ELIMINAR O CÂNCER DO COLO DO ÚTERO COMO UM PROBLEMA DE SAÚDE PÚBLICA

TT 52 - 10:00 - 11:30
ASSISTÊNCIA AO TRABALHO DE PARTO PREMATURO

DIAGNÓSTICO DE TRABALHO DE PARTO PREMATURO - CLINICO E LABORATORIAL
TOCÓLISE?
CE E SULFATO DE MAGNÉSIO
PROFILAXIA ANTIMICROBIANA NO TRABALHO DE PARTO E NA BOLSA ROTA PRÉ-TERMO
VIA DE PARTO E ASSISTÊNCIA AO NASCIMENTO PRÉ-TERMO

TT 53 - 10:00 - 11:30
BASES DA HORMONIOTERAPIA EM GINECOLOGIA

ESTROGÊNIOS: TIPOS E VIAS DE ADMINISTRAÇÃO NA PRATICA CLINICA
PROGESTERONA E PROGESTOGÊNIOS: TIPOS E VIAS DE ADMINISTRAÇÃO
ANDROGÊNIOS: TIPOS E RISCOS DO USO ABUSIVO
ESTROGÊNIOS VAGINAIS: QUAIS AS DIFERENÇAS ENTRE AS FORMULAÇÕES?
TRATAMENTO DO SANGRAMENTO UTERINO ANORMAL: EXISTEM DIFERENÇAS ENTRE OS PROGESTAGÊNIOS?

Recomendações Sogesp

RS 9 - 10:00 - 10:40
CIRURGIA GINECOLÓGICA E TROMBO-EMBOLISMO VENOSO. AVALIAÇÃO DO RISCO E PREVENÇÃO

RS 10 - 10:50 - 11:30
DIAGNÓSTICO PRECOCE E PREVENÇÃO SECUNDÁRIA DO CÂNCER DE COLO UTERINO

SI 3 - 10:00 - 11:30
SESSÃO INTERATIVA LIGAS ACADÊMICAS

Top Temas

TT 54 - 10:00 - 11:30
INFERTILIDADE PARA O GINECOLOGISTA

O ENDOMÉTRIO É SUBESTIMADO NA INFERTILIDADE?
MIOMA DO UTERO ASSINTOMÁTICO PODE PREJUDICAR A FERTILIDADE?
AINDA EXISTE ESPAÇO PARA INDUÇÃO DA OVULAÇÃO COM CLOMIFENO?
CIRUGIA NA MULHER INFÉRTIL COM ENDOMETRIOSE
REGIMES DE INDUÇÃO DA OVULAÇÃO POSSÍVEIS PARA O GINECOLOGISTA GERAL

TT 55 - 10:00 - 11:30
DOENÇA TROFOBLÁSTCIA GESTACIONAL: ASPECTOS ATUAIS

DIAGNÓSTICO DE MOLA HIDATIFORME
ASPECTOS ULTRASSONOGRÁFICOS
ASPECTOS ANÁTOMO PATOLÓGICOS
SEGUIMENTO PÓS MOLAR
RASTREAMENTO DA NEOPLASIA DE BAIXO RISCO

TT 56 - 10:00 - 11:30
PROLAPSO GENITAL: O QUE DEVEMOS SABER?

COMO DIAGNOSTICAR CORRETAMENTE O PROLAPSO GENITAL?
COMO TRATAR O PROLAPSO DA PAREDE VAGINAL ANTERIOR?
OPÇÕES DE TRATAMENTO DO PROLAPSO APICAL
OPÇÕES DE TRATAMENTO DO PROLAPSO POSTERIOR
HÁ ESPAÇO PARA USAR TELAS NO TRATAMENTO DO PROLAPSO GENITAL?

TT 57 - 10:00 - 11:30
VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL - ÉTICA E LIMITES NO ATENDIMENTO GO

GINECOLOGIA
OBSTETRÍCIA
ADOLESCENTES
LGBTQIA+

TT 58 - 12:30 - 14:00
MANEJO DO SANGRAMENTO DE CAUSA OBSTÉTRICA NO PRIMEIRO TRIMESTRE

GRAVIDEZ DE LOCALIZAÇÃO DESCONHECIDA: COMO RECONHECER E TRATAR
GRAVIDEZ EM CICATRIZ DE CESÁREA
EXISTE TRATAMENTO PARA AMEAÇA DE ABORTAMENTO?
O LIMITE DA CONDUTA EXPECTANTE EM GRAVIDEZ NÃO EVOLUTIVA
O QUE O GINECOLOGISTA DEVE SABER SOBRE DOENÇA TROFOBLÁSTICA GESTACIONAL

TT 59 - 12:30 - 14:00
ANOVULAÇÃO CRÔNICA HIPERANDROGÊNICA: COMO CONDUZIR?

DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL DE SOP: COMO FAZER?
TRATAMENTO HORMONAL NA MULHER ADULTA COM SOP
CONDUTA NA ADOLESCENTE COM SOP
COMO CONDUZIR A MULHER COM SOP QUE DESEJA ENGRAVIDAR?
COMO ORIENTAR A MULHER OBESA COM DISFUNÇÃO ENDOTELIAL?

TT 60 - 12:30 - 14:00
FATO OU FAKE NA ASSISTÊNCIA OBSTÉTRICA

INFECÇÃO PÓS-PARTO VAGINAL E CESARIANA: PREVENÇÃO PARA TODAS AS MULHERES?
ANALGESIA FARMACOLÓGICA EXIGE OUTRAS INTERVENÇÕES NO PARTO?
AS AUDITORIAS PERIÓDICAS MELHORAM OS RESULTADOS?
EPISIOTOMIA PROTEGE O PERÍNEO?
APRESENTAÇÃO PÉLVICA É INDICAÇÃO DE CESARIANA?

TT 61 - 12:30 - 14:00
COMO TRATAR AS AFECÇÕES DE GINECOLOGIA ENDÓCRINA DO CONSULTÓRIO

HIPERANDROGENISMO
RESISTÊNCIA INSULÍNICA
HIPERPROLACTINEMIA
HIPERPLASIA CONGÊNITA DA SUPRARRENAL
SANGRAMENTO UTERINO ANORMAL NÃO ESTRUTURAL

TT 62 - 12:30 - 14:00
PREMATURIDADE TERAPÊUTICA

EPIDEMIOLOGIA DA PREMATURIDADE TERAPÊUTICA
CAUSAS PLACENTÁRIAS - MOMENTO DA INTERRUPÇÃO NA HIPERTENSÃO E RCF
GEMELARIDADE - SEGUIMENTO, MOMENTO E VIA DE PARTO
HIPERGLICEMIAS NA GESTAÇÃO - CONTROLE E MOMENTO DA INTERRUPÇÃO
PREMATURIDADE IATROGÊNICA - O QUE É E COMO EVITAR

TT 63 - 12:30 - 14:00
AFECÇÕES DE INTERESSE NA ASSISTÊNCIA DA MULHER CLIMATÉRICA

DISLIPIDEMIAS – QUANDO E COMO TRATAR?
DISTÚRBIOS DA TIREOIDE
ACNE
DISTÚRBIOS DO HUMOR E COGNIÇÃO: QUANDO TRATAR E QUANDO ENCAMINHAR?
DISTÚRBIOS DO SONO – COMO DIAGNOSTICAR E TRATAR?

Recomendações Sogesp

RS 11 - 12:30 - 13:10
CONTRACEPÇÃO NO PUERPÉRIO

RS 12 - 13:20 - 14:00
VACINAÇÃO DA MULHER

Sessão Interativa

SI 4 - 12:30 - 14:00
SÍFILIS

Top Temas

TT 64 - 12:30 - 14:00
ABORDAGEM PRÁTICA DE LESÕES FREQUENTES NO CONSULTÓRIO

CONDILOMA GENITAL
ECTOPIA
MOLUSCO CONTAGIOSO E HERPES GENITAL
DERMATITES FÚNGICAS, IRRITATIVAS E ALÉRGICA
PÓLIPO E ENDOMETRIOSE DE COLO UTERINO

TT 65 - 12:30 - 14:00
EXAMES DE IMAGEM NO PRÉ-NATAL

ULTRASSOM DE PRIMEIRO TRIMESTRE: PARA QUEM E QUANDO
CARDIOTOCOGRAFIA ANTEPARTO: PARA QUEM E QUANDO
DOPPLER: PARA QUEM E QUANDO
ECOCARDIOGRAFIA FETAL: PARA QUEM E QUANDO
ULTRASSOM MORFOLOGICO DE SEGUNDO TRIMESTRE: PARA QUEM E QUANDO, COM OU SEM MEDIDA DO COLO?

TT 66 - 12:30 - 14:00
COMO ABORDAR A PACIENTE COM QUEIXA DE SECREÇÃO VAGINAL?

LEUCORREIA E VULVOVAGINITES: AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA NA ATENÇÃO PRIMÁRIA
CANDIDÍASE DE REPETIÇÃO: COMO DIAGNOSTICAR E TRATAR
VAGINOSE BACTERIANA E VAGINITE INFLAMATÓRIA
CERVICITES E COLPITES: QUANDO E COMO TRATAR?
LESÕES DE BAIXO GRAU NO COLO UTERINO- COMO CONDUZIR NA ATENÇÃO PRIMÁRIA E QUANDO ENCAMINHAR?

TT 67 - 12:30 - 14:00
TOP TEMA VALORIZAÇÃO - ATENDIMENTO À PACIENTE ADOLESCENTE

CONSULTA E PROCEDIMENTOS
ASPECTOS ÉTICOS
ANTICONCEPÇÃO

Top Temas

TT 68 - 14:20 - 15:50
SEGUIMENTO DA PRÉ-ECLÂMPSIA APÓS O DIAGNÓSTICO

SUSPEITA E DIAGNÓSTICO DE PRÉ-ECLÂMPSIA
INTERNAÇÃO / AMBULATÓRIO EXAMES PARA SEGUIMENTO
VITALIDADE FETAL APÓS O DIAGNÓSTICO
IDADE GESTACIONAL DA RESOLUÇÃO DA GESTAÇÃO
COMPLICAÇÕES A LONGO PRAZO

TT 69 - 14:20 - 15:50
RESTRIÇÃO DO CRESCIMENTO FETAL (RCF)

MÉTODOS PROPEDÊUTICOS DE AVALIAÇÃO NA RCF
DIAGNÓSTICO DA RCF
MANEJO DA RCF PRECOCE
MANEJO DA RCF TARDIA
PREDIÇÃO E PREVENÇÃO DA RCF

TT 70 - 14:20 - 15:50
COMPLICAÇÕES CIRÚRGICAS ACONTECEM. O QUE FAZER?

LESÃO VESICAL NA CIRURGIA GINECOLÓGICA E OBSTÉTRICA - COMO PROCEDER?
LESÃO URETERAL NA CIRURGIA GINECOLÓGICA - COMO PREVENIR E DETECTAR?
LESÃO NA RETAL NA CIRURGIA VAGINAL - O QUE FAZER?
DIAGNÓSTICO DE FÍSTULAS UROGENITAIS: O QUE É PRECISO SABER?
RETENÇÃO URINÁRIA PÓS-OPERATÓRIA - O QUE FAZER?

TT 71 - 14:20 - 15:50
AÇÕES DA SECRETARIA DA SAÚDE NA ASSISTÊNCIA À GESTANTE PUÉRPERA

ESTRATÉGIA DE TRABALHO NA REDE MATERNO INFANTIL PARA O ESTADO
ALTA RESPONSÁVEL: DO ACOLHIMENTO À CONTINUIDADE DO CUIDADO PARA BINÔMIO
FÓRUM DE DISCUSSÕES NO MANEJO CICLO GRAVIDICO PUERPERAL E NEONATAL
FÓRUM DE DISCUSSÕES PARA ASSISTÊNCIA À MULHER NOS CICLOS DE VIDA
CONSOLIDAÇÃO DA REDE DE SAÚDE MATERNA E INFANTIL PARA O ESTADO SP

TT 72 - 14:20 - 15:50
ABORDAGEM PRATICA DE QUEIXAS E PROBLEMAS COMUNS NO CONSULTÓRIO DO GINECOLOGISTA

ATÉ QUANDO PROGREDIR NA PESQUISA DA INFERTILIDADE EM GINECOLOGIA GERAL?
MIOMA COM AUMENTO DO VOLUME NA PÓS MENOPAUSA PREOCUPA?
ESPESSAMENTO ENDOMETRIAL ULTRASSONOGRÁFICO: QUANDO ENCAMINHAR PARA HISTEROSCOPIA?
MASTALGIA: QUANDO É PREOCUPANTE?
QUANDO SOLICITAR RESSONANCIA MAGNÉTICA DAS MAMAS?

Recomendações Sogesp

RS 13 - 14:20 - 15:00
HEMORRAGIA POS PARTO

RS 14 - 15:10 - 15:50
DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO DE TOXOPLASMOSE NA GRAVIDEZ

Sessão Interativa

SI 5 - 14:20 - 15:50
DOENÇAS BENIGNAS DAS MAMAS NO DIA A DIA DO GINECOLOGISTA

Top Temas

TT 73 - 14:20 - 15:50
AFECÇÕES DA VULVA NA PRÁTICA CLÍNICA DO CONSULTÓRIO

LÍQUENS ESCLEROSOS COMPLEXOS: COMO ABORDAR?
NIV: O QUE HÁ DE NOVO?
ÚLCERAS GENITAIS: ABORDAGEM PRÁTICA
HIDRADENITE E CISTO DE GLÂNDULAS VESTIBULARES (BARTOLIN E SKENE): TRATAMENTO ATUAL
ABORDAGEM TERAPÊUTICA DA SGUM

TT 74 - 14:20 - 15:50
SITUAÇÕES DE RISCO PARA O FETO - COMO SEGUIR

RCIU
DIABETE
OBESIDADE MATERNA
HIPERTENSÃO ARTERIAL
CARDIOPATIA MATERNA

TT 75 - 14:20 - 15:50
COMO CONDUZIR DE FORMA PRÁTICA O SANGRAMENTO UTERINO ANORMAL NA ATENÇÃO PRIMÁRIA

DEFINIÇÃO ATUAL DE SANGRAMENTO ANORMAL
COMO DIAGNOSTICAR E ABORDAR AS CAUSAS ESTRUTURAIS DE SANGRAMENTO?
COMO DIAGNOSTICAR E ABORDAR AS CAUSAS NÃO ESTRUTURAIS DE SANGRAMENTO?
CUIDADOS ESPECIAIS NA ADOLESCÊNCIA
INVESTIGAÇÃO NA PÓS-MENOPAUSA

TT 76 - 14:20 - 15:50
ROTURA PREMATURA DAS MEMBRANAS

DIAGNÓSTICO DA ROTURA PREMATURA
CONDUTA NA ROTURA EXPECTANTE
INTERVENÇÕES PARA MELHOR PROGNÓSTICO: ANTIBIÓTICO, CORTICÓIDE, SULFATO
MOMENTO E VIA DE PARTO NA ROTURA PREMATURA DAS MEMBRANAS
PROGNÓSTICO MATERNO E FETAL

Curso Prático dos Residentes
Workshop para Residentes - WR 1 - 08:10 - 11:40

WORKSHOP DOS RESIDENTES (CURSO PRÁTICO DOS RESIDENTES)

HEMORRAGIA PUERPERAL
DISTOCIA DE OMBRO
AMIU / DIU PÓS PARTO
INTERVALO
ESTAÇÃO: LASER EM PATOLOGIA NO TRATO GENITAL INFERIOR
TROCA DE TURMAS
ESTAÇÃO: CONTRACEPTIVOS REVERSÍVEIS DE LONGA AÇÃO (LARC)
AVALIAÇÃO FINAL/ENCERRAMENTO


Premiação dos Melhores Trabalhos Científicos e encerramento – 17h50 – 19h30


Não fique de fora e SE INSCREVA!